sábado, 19 set 2020
Publicidade

Bolsonaro ironiza denúncia contra Glenn: “Você não acredita na Justiça?”

Ao ser questionado nesta terça-feria (21) sobre as investigações do Ministério Público Federal contra o jornalista Glenn Greenwald, editor do The Intercept Brasil, o presidente Jair Bolsonaro ironizou jornalistas e disse que confiava na Justiça. Glenn foi denunciado por um procurador defensor do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

“Quem denunciou foi a Justiça. Você não acredita na Justiça?”, declarou Bolsonaro a jornalistas na saída do Palácio da Alvorada. O presidente ainda se corrigiu após ser alertado por assessores que o papel cabia ao Ministério Público: “ao MP, ao MP”.

O ex-capitão ainda questionou se Glenn ainda morava no Brasil. “Não devia nem estar. Onde está esse cara? Ele está no Brasil?”, questionou.

A denúncia

Glenn foi denunciado pelo procurador Wellington Oliveira por supostamente ter auxiliado e orientado hackers presos na Operação Spoofing. Oliveira  é o mesmo procurador que denunciou, no dia 19 de dezembro, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, sob a acusação de ter caluniado o ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Em vídeo publicado em suas redes, o editor do The Intercept afirmou que a denúncia contra ele “é obviamente uma retaliação pelo governo Bolsonaro”. Nós nunca seremos intimidados por alguém abusando do aparato do Estado. Nós vamos continuar a fazer nosso jornalismo e nosso trabalho para uma próxima reportagem”, afirmou.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.