Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de fevereiro de 2020, 06h35

Bolsonaro emperra Bolsa Família e 1 milhão estão na fila à espera do benefício

Uma a cada três das cidades mais pobres do país não teve acesso a novos auxílios nos últimos cinco meses

Bolsa Família (Foto: Arquivo/ Jefferson Rudy/ Agência Senado)

A redução no orçamento do Bolsa Família para 2020, aprovado pelo governo neoliberal de Jair Bolsonaro no final do ano passado, fez com que as regiões mais carentes do Brasil ficassem sem acesso ao programa. Uma a cada três das cidades mais pobres do país não teve novos auxílios liberados nos últimos cinco meses. Com isso, cerca de 1 milhão de famílias estão na fila para ingressarem no programa.

O orçamento aprovado para o programa em 2020 é de R$ 30 bilhões, mesma quantidade gasta com o programa no ano passado. Contudo, na prática, isso representou corte no Bolsa Família, pois não há correção pela inflação. 

Com isso, a fila de espera, que havia sido extinta em julho de 2017, voltou e não há previsão para ser novamente zerada. O Bolsa Família tem enfrentado, sob o governo Bolsonaro, o período mais longo de baixo índice de cobertura de novos beneficiários da história do programa.

Osmar Terra

Partidos da oposição querem que o ministro da Cidadania, Osmar Terra, responsável pelo comando Bolsa Família, vá ao Congresso dar explicações sobre os cortes do programa e aumento da fila de espera.

Terra era ministro do Desenvolvimento Social durante o governo de Michel Temer (MDB). Em 2017, ele celebrava o marco de ter zerado a fila do programa pela primeira vez.

Deputados do PSOL apresentaram, na sexta-feira (7), um requerimento para convocar o ministro a um debate no plenário sobre o assunto. Se a convocação for aprovada, Terra é obrigado a comparecer. Já no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) deve apresentar nesta terça (11) um requerimento de convite para Terra explicar a redução no atendimento do programa.

Com informações da Folha de S.Paulo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum