sábado, 24 out 2020
Publicidade

Bolsonaro levanta dossiê de Rosângela Moro, diz jornalista da Veja

Depois de articular uma varredura sobre o passado do ex-ministro Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro pretende seguir voltando sua artilharia para minar o ex-juiz federal. O alvo da vez seria a advogada Rosângela Moro, esposa do ex-ministro.

Segundo o colunista Robson Bonin, da Veja, o governo pretende também vasculhar a vida de Rosângela com o objetivo de aumentar o arsenal contra Moro. O objetivo seria encontrar irregularidades dentro da atuação como advogada.

Bolsonaro enxerga Moro como um forte opositor nas próximas eleições e tenta minar o capital político do ex-juiz da Lava Jato. Em pesquisa do Datafolha divulgada na segunda-feira (28), o apoio à renúncia do ex-capitão aumentou após a queda de Moro.

O índice aumentou de 37%, da pesquisa anterior, realizada entre 1 e 3 de abril, para 46%. Os que são contrários diminuíram de 59% para 50%.

Além disso, 45% apoiam que a Câmara dos Deputados inicie um processo de impeachment contra o presidente, enquanto 48% são contra. A diferença fica dentro da margem de erro, de 3%. Os que não sabem opinar chegam a 6%.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.