O que o brasileiro pensa?
26 de junho de 2020, 10h16

Bolsonaro mexe em seus papéis enquanto presidente da Embratur canta (mal) para os mortos da Covid-19

Enquanto o presidente da Embratur cantava com voz esganiçada e desafinada, Bolsonaro colocou os óculos e passou a ler

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) foi responsável por mais uma cena inusitada e desrespeitosa, em live transmitida na noite desta quinta-feira (25), com a participação do ministro da Economia e de um esganiçado presidente da Embratur, Gilson Machado Neto.

Sentado à frente, do lado de Guedes e da tradutora em Libras, Bolsonaro pediu que Gilson, sentado ao fundo, cantasse em homenagem às vítimas da Covid-19:

“Pela primeira vez o Nordeste não terá festa junina, uma festa popular que arrasta multidão. Quero aproveitar o Gilson, nosso presidente da Embratur, sanfoneiro, fala vários idiomas… Sei que em muitos programas de rádio às 18h se toca a Ave Maria. Queríamos prestar uma homenagem aos que se foram, vítimas do coronavírus, vou pedir para o Gilson que toque Ave Maria”, disse Bolsonaro na abertura da live.

O presidente da Embratur empunhou sua sanfona e passou a tocar e a cantar mal e em tom esganiçado, a “Ave Maria”, de Franz Schubert. Não bastasse a péssima interpretação, durante a apresentação, que deveria ser solene e respeitosa, Bolsonaro, visivelmente impaciente, passou a se mover de um lado para o outro, mexer em seus papéis, até que não resistiu, colocou os óculos e começou a ler.

O vídeo foi compartilhado pelo humorista Marcelo Adnet, que fingiu confundir a cena com seu programa:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum