O que o brasileiro pensa?
04 de junho de 2020, 10h27

Bolsonaro promete a apoiadores facilitar acesso a armas de fogo

O presidente recebeu na porta do Palácio da Alvorada membros do CACs (caçadores, atiradores e colecionadores)

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) recebeu nesta quinta-feira (4), na porta do Palácio da Alvorada, membros do CACs (caçadores, atiradores e colecionadores). Na ocasião, ele prometeu que, ainda nesta semana, seu governo terá novidades sobre o acesso às armas de fogo no país.

“Vocês são CACs (caçadores, atiradores e colecionadores)? Dá para melhorar mais ainda, tinha problema na Justiça que eu nem sabia, foi encontrado e eu nem sabia. A IN [Instrução Normativa] 131 e tem mais INs também, então essa semana, até amanhã, tem novidade aí”, disse Bolsonaro. 

A Instrução Normativa (IN) da Polícia Federal a que Bolsonaro se referia era a que estabelece, entre outras coisas, procedimentos relativos a registro, posse, porte e comercialização de armas de fogo e munição no Sistema Nacional de Armas (Sinarm).

Bolsonaro ainda perguntou para o grupo o que mais ele poderia fazer, que não dependesse de leis, pois isto é atribuição do Congresso, para ajudar os CACs. Eles responderam com pedidos para desburocratizar o Sistema de Fiscalização Produtos Controlados pelo Exército (SisFPC).

O SisFPC é um sistema da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC) do Exército que regula, fiscaliza e autoriza as atividades de pessoas físicas e jurídicas com produtos controlados como armas de fogo, acessórios de armas, munições, explosivos, blindagens e proteções balísticas.

“O general Porto assumiu lá há pouco tempo. Vocês já estiveram com ele? Eu posso acertar uma ida de vocês lá para conversar com ele. O que depender de decreto, portaria, a gente resolve isso aí. Lei passa pelo Parlamento”, prometeu Bolsonaro.

O general Alexandre de Almeida Porto foi nomeado no fim de março como diretor da DFPC.

Bolsonaro ainda foi convidado para visitar um clube de tiro no Gama, cidade-satélite de Brasília, e respondeu: “Se pagar a munição, pode esperar”, disse o presidente.

Após um apoiador afirmar que é cada vez maior a quantidade de mulheres nos clubes, ele disse: “Já são bravas sem armas… mas melhor tiro que peixeira”.

– Alvorada (04/06/2020). Colecionadores, Atiradores e Caçadores (CACs).. Link no YouTube: https://youtu.be/k2frTBgJp_4

Publicado por Jair Messias Bolsonaro em Quinta-feira, 4 de junho de 2020

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum