Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de outubro de 2018, 09h16

Bolsonaro quer manter integrantes da equipe de Temer. Haddad responde: “Nós não”

Haddad respondeu: “Nós não. A equipe do Temer não pensa em geração de emprego, só pensa em lucro pra banqueiro”

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Se o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) vencer as eleições, o seu guru, Paulo Guedes, pretende convidar integrantes da equipe econômica de Michel Temer, que já foram sondados, para que fiquem em seus cargos, caso vençam as eleições.

A formação da equipe e a formulação de um plano de governo já estão sendo estudadas pelo assessor de Bolsonaro, que deve assumir o comando de toda a área econômica caso o candidato vença a disputa.

O candidato Fernando Haddad (PT) respondeu na manhã desta quarta-feira (24), através de sua conta do Twitter, que, caso eleito, fará o contrário: “Nós não. A equipe do Temer não pensa em geração de emprego, só pensa em lucro pra banqueiro”, disse.

“Meu adversário falou que vai manter a equipe econômica do Temer. Nós não. A equipe do Temer não pensa em geração de emprego, só pensa em lucro pra banqueiro. Precisamos resgatar aquele tempo em que gerávamos 1,5 milhão, às vezes até 2 milhões de postos de trabalho por ano.”

Guedes pretende reunir os Ministérios da Fazenda, do Planejamento, da Indústria e Comércio Exterior e a Secretaria do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos), hoje vinculada à Presidência da República.

Em reuniões na Fazenda e no Planejamento, para tratar de uma eventual transição, Guedes se aproximou de Mansueto Almeida (secretário do Tesouro) e de Marcos Mendes (secretário especial do Ministério da Fazenda).

Com informações da Folha


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum