Bolsonaro quer privatizar florestas na Amazônia

O aumento das queimadas é uma desculpa usada pelo governo para privatizar unidades florestais

O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira (19) a inclusão de três florestas da região amazônica no plano de privatizar tudo que é possível. O controle de queimadas aparece como uma das justificativas para a empreitada.

Segundo a jornalista Simone Kafruni, do Correio Braziliense, as unidades florestais de Humaitá, Iquiri e Castanho, todas no estado do Amazonas, são o novo alvo do governo.

Martha Seillier, secretária especial do conselho, disse que vai se “debruçar sobre a legislação para ver até onde é possível abrir mais o setor para desenvolvê-lo em todo seu potencial”. Segundo ela, a preocupação é em proteger o meio ambiente e reduzir as queimadas.

“A concessão de florestas agora é prioridade. São três importantes florestas que queremos delegar à iniciativa privada para o manejo sustentável e assim reduzir queimadas, com mais controle dos investimentos sustentáveis”, afirmou.

No ano passado, o governo Bolsonaro chamou a atenção do mundo pela complacência com o aumento das queimadas na região amazônica ao fazer pouco caso dos alertas emitidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR