Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de dezembro de 2019, 17h48

Bolsonaro quer que aliados parem de atacar o STF

Presidente quer manter boa relação com a Suprema Corte

Foto: Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente da República não quer entrar em rota de colisão com o Judiciário. Com os filhos sendo alvos de investigações criminais, Jair Bolsonaro pretende cada vez mais ter boas relações com magistrados. Para manter essa harmonia, determinou que seus aliados deixem de fazer ataques contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são da jornalista Bela Megale, do jornal O Globo.

Entre os que teriam recebido a ordem do presidente estão as deputadas federais Carla Zambelli (PSL-SP) e Bia Kicis (PSL-DF), que em outras ocasiões chegaram a pedir o impeachment do ministro Gilmar Mendes. A determinação também vale para influenciadores digitais e grupos organizados pelas redes sociais.

Desde o início do seu governo, Bolsonaro tem no presidente do STF, Dias Toffoli, um aliado. Não foram poucas as vezes que o ministro teve que atuar em favor do Planalto para amenizar crises dentro do governo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum