O que o brasileiro pensa?
22 de junho de 2020, 20h57

Bolsonaro tem encontro marcado com empresário favorito do centrão para o MEC

Renato Feder já foi capa na IstoÉ como "o empresário que vende tudo" e é apelidado por professores do Paraná, onde é secretário, como "CoronaFeder"

Foto: Marcos Corrêa/PR

O empresário Renato Feder, ex-CEO da Multilaser e atual secretário de Educação do Paraná, vai se reunir com o presidente Jair Bolsonaro na próxima terça-feira (23) para, possivelmente, definir os rumos do Ministério da Educação.

Segundo os jornalistas Thiago Nolasco e Mariana Londres, do portal R7, Feder desembarca em Brasília na terça para o encontro com Bolsonaro. O empresário é um dos cotados para assumir o MEC após a saída de Abraham Weintraub.

A chegada de Feder estaria sendo negociada pelo centrão. O empresário atua como secretário no governo de Ratinho Jr., do PSD. Recentemente, o partido ganhou o comando do recriado Ministério das Comunicações com Fábio Faria (PSD-RN).

À frente da secretaria do Paraná, Feder teria fechado turmas e deixado aulas mais cheias, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP-Sindicato).

Em abril desse ano, a APP publicou um artigo chamado “CoronaFeder: veja como esse vírus se tornou letal para a educação do Paraná”. Na publicação, o sindicato aponta que o empresário “tem infectado o sistema público de educação do Paraná e parece querer levá-lo ao colapso para que outra forma de educação privada possa gerenciá-lo”.

Em março de 2018, quando ainda comandava a Multilaser, Feder foi capa da Revista IstoÉ. Ele foi chamado de “o empresário que vende de tudo”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum