Bolsonaro usa Onyx Lorenzoni para criticar Cid Gomes

O presidente ainda reclamou da correlação que foi feita entre seus aliados e os tiros disparados contra o senador

Durante live presidencial realizada nesta quinta-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro criticou a imprensa e o senador Cid Gomes (PDT-CE), que levou dois tirou após tentar impedir motim policial em quartel em Sobral (CE).

O presidente reclamou da correlação feita entre ele e os policiais amotinados, em razão da participação de um vereador que atuou como cabo eleitoral do presidente na cidade. “Olha só, hein, o motim lá se deve a um vereador bolsonarista. Eu queria só que vocês me apresentassem ele, me apresente o vereador aí”, disse.

Outro aliado do presidente também foi flagrado envolvido com os motins. O ex-deputado federal Cabo Sabino, que é visto como um dos líderes do movimento, foi flagrado pagando mulheres para “reforçar” o ato. Sobre isso, o ex-capitão não comentou.

Bolsonaro evitou criticar diretamente o senador e usou o ministro Onyx Lorenzoni para isso. “Aquele cara lá, não fala o nome dele não, que subiu no trator e foi empurrar o portão lá com crianças, com mulheres, ele agiu corretamente ou não, não fala o nome dele não?”, questionou.

O novo ministro da Cidadani (ex-Casa Civil) prontamente respondeu: ” “Evidente que não, né presidente. Aí é uma irresponsabilidade, um desequilíbrio, um ato que colocou em risco a vida de muitas e muitas pessoas. E é evidente que quando tu tem tua vida em risco, tu tem o direito à legítima defesa”.

Bolsonaro ainda debochou da jornalista Eliane Cantanhêde. “Eliane Cantanhêde descobriu também que um dos responsáveis pelo tiro em Ciro [sic] Gomes foi um tal de Jair Bolsonaro. Você conhece esse cara, Onyx? Você está vendo o risco que está correndo aqui do meu lado? Você não vai tirar o time, sair correndo daqui?”, zombou.

Com informações do Uol e da Folha de S. Paulo

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR