Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de janeiro de 2020, 14h59

Bolsonaro vai criar empresa estatal para prestar serviço aos EUA na base de Alcântara

Com o objetivo de atender exigência dos Estados Unidos, NAV Brasil vai operar no gerenciamento da Base de Alcântara, no Maranhão, cedida ao governo de Donald Trump

Bolsonaro e Trump (Foto: Alan Santos/PR)

Depois de garantir o uso do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) pelos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro determinou que a NAV Brasil, empresa estatal criada por ele para monitorar a navegação aérea do país, atue diretamente para auxiliar os enviados por Donald Trump na estação.

Segundo a Folha de S. Paulo, a NAV ficará responsável por Alcântara por exigência dos EUA. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que essa atuação faz parte do acordo assinado entre os dois países. O documento prevê que o lançamento de foguetes e satélites que contenham equipamentos dos Estados Unidos.

O governo espera receber cerca de R$ 15 bilhões nos próximos 20 anos após a concessão feita aos estadunidenses. Essa verba seria gerida pela nova estatal de Bolsonaro. A NAV ainda necessita de regulamentação, que deve ser publicada pelo presidente nos próximos dias via decreto.

A empresa vai operar inicialmente com cerca de 1800 funcionários que hoje atuam na Infraero. A Aeronáutica também pretende alocar temporariamente militares na estatal.

 

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum