O que o brasileiro pensa?
06 de dezembro de 2019, 09h48

Bolsonaro venceria todos os adversários, incluindo Lula, aponta pesquisa FSB/Veja

Governo Bolsonaro continua mal avaliado, mas se mantém com base firme em torno de 30%

Foto: Reprodução/TV Globo

A revista Veja divulgou uma pesquisa nesta sexta-feira (6), em parceria com a agência FSB, apresentando dados da opinião pública sobre intenção de voto em possíveis cenários eleitorais e sobre a conjuntura do governo atual. Os resultados mostram que o presidente Jair Bolsonaro continua com índices baixos de aprovação, mas ganharia as próximas eleições caso disputasse com Fernando Haddad ou Lula.

Em um primeiro cenário, os 2.000 eleitores que participaram do levantamento precisaram responder em quem votariam caso as eleições fossem naquele dia. Jair Bolsonaro ficou com 33% das intenções de voto, quase o dobro de Fernando Haddad, que teve 15%. Em terceiro lugar ficaria Luciano Huck (12%) e, em quarto, Ciro Gomes (11%).

Caso o adversário fosse Lula, a diferença com Bolsonaro se estreitaria: 32% para Bolsonaro e 29% para o petista. Neste cenário, em terceiro lugar ficam 10% dos entrevistados que disseram não votar em nenhum candidato.

Outra conjuntura proposta pela pesquisa é uma possível candidatura do ex-juiz Sergio Moro. Neste caso, Moro tem desempenho similar ao de Bolsonaro, ganhando com 33% dos votos contra 16% de Haddad. Em uma disputa com Lula, os números também não se alteram: 32% para Moro e 29% para o ex-presidente. Caso Bolsonaro, Moro e Haddad disputassem no pleito, Bolsonaro seria reeleito com 28% dos votos. Haddad ficaria com 16% e o ex-juiz com 15%.

Avaliação do governo

De acordo com a pesquisa, o presidente Jair Bolsonaro manteve o número de 26% na avaliação de seu governo como “péssimo”, enquanto apenas 12% consideram seu primeiro ano de mandato como “ótimo”. Ainda, 46% responderam desaprovar a forma como Bolsonaro governa o país.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum