Na Jovem Pan, Bolsonaro volta a mentir sobre suposta fraude eleitoral

O presidente distorceu informações de inquérito não-concluído da Polícia Federal

Além de ameaçar o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro voltou a difundir mentiras com o objetivo de atacar o sistema eleitoral durante entrevista à rádio Jovem Pan concedida nesta quarta-feira (4).

Na transmissão, o presidente usou um inquérito não-concluído da Polícia Federal sobre uma invasão hacker ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para dizer que trazia provas de que o resultado das eleições de 2018 poderia ter sido fraudado. Essa conclusão não foi feita pela PF, mas sim pelo próprio presidente.

Bolsonaro alegou ainda que o hacker conseguiu obter um código-fonte e que, com ele, poderia retirar seu nome da urna. Isso, no entanto, não procede.

“Quando tivemos eleições em que o código-fonte esteve na mão de um hacker, pode ter acontecido tudo, [o eleitor] aperta 17 e sai nulo”, declarou. “Não tem que ter PEC mais. Dado os documentos que estão aqui, o próprio TSE tem que falar amanhã: ‘vamos blindar o sistema de hackers com o voto impresso’”, disse ainda.

O código-fonte obtido pelo o hacker, no entanto, é o mesmo que partidos e entidades conseguem acessar, conforme apontou reportagem da jornalista Patrícia Campos Mello, na Folha de S. Paulo.

“É naturalmente falso o argumento de que a posse do código-fonte é suficiente para provocar fraude. Se fosse o caso, os fiscais de partidos políticos que possuem acesso ao código-fonte nas dependências do TSE estariam fraudando eleições a torto e a direito desde o princípio, o que não é nada razoável de se assumir”, disse Diego Aranha, especialista em segurança digital.

Com informações da Folha

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR