Bolsonaro volta a pedir saída do Brasil do Conselho de Direitos Humanos da ONU

A manifestação acontece um dia depois de o órgão determinar que o País permita o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de disputar a eleição presidencial

O candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a defender, na manhã deste sábado (18), em sua conta pessoal no Twitter, a saída do Brasil do Conselho de Direitos Humanos da ONU. A manifestação acontece um dia depois do órgão determinar que o País permita o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de disputar a eleição presidencial.

“Há mais ou menos 2 meses falei em entrevista que já teria tirado o Brasil do conselho da ONU, não só por se posicionarem contra Israel, mas por sempre estarem ao lado de tudo que não presta. Este atual apoio a um corrupto condenado e preso é só mais um exemplo da nossa posição”, escreveu Bolsonaro.

Lula Candidato

O Comitê de Direitos Humanos da ONU acolheu, nesta sexta-feira (17), pedido liminar da defesa do ex-presidente e candidato à presidência pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva para que Estado Brasileiro que “tome todas as medidas necessárias para que para permitir que o autor [Lula] desfrute e exercite seus direitos políticos da prisão como candidato nas eleições presidenciais de 2018, incluindo acesso apropriado à imprensa e a membros de seu partido político”.

A decisão reconhece a existência de violação ao art. 25 do Pacto de Direitos Civis da ONU e a ocorrência de danos irreparáveis a Lula na tentativa de impedi-lo de concorrer nas eleições presidenciais ou de negar-lhe acesso irrestrito à imprensa ou a membros de sua coligação política durante a campanha.

 

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR