Bolsonaro vota no Brasil com a mente em Trump e nos EUA: “ninguém discute que houve fraude”

Sem ter quem defender no segundo turno, presidente preferiu falar do panorama norte-americano, onde seu favorito também perdeu. Ademais, fez forte advertência a Paulo Guedes

A jornada eleitoral deste domingo (29) não foi muito entusiasmante para o presidente Jair Bolsonaro, já que são poucas as disputas de segundo turno onde há candidatos que se assumem como seus representantes – mesmo alguns desses aliados têm preferido esconder sua relação, como Marcelo Crivella (Republicanos) no Rio, Lorenzo Pazolini (Republicanos) em Vitória e Everaldo Eguchu (Patriotas) em Belém, sendo a única exeção o caso de Wagner Sousa (PROS) em Fortaleza.

Por isso, o presidente preferiu falar dos Estados Unidos em sua coletiva após realizar seu voto, na Vila Militar, no Rio de Janeiro. Bolsonaro qualificou o país norte-americano como “uma das mães da democracia” e disse que “suas fontes” teriam garantido que houve fraude nas eleições que terminaram com a vitória de Joe Biden, do Partido Democrata, sobre seu aliado, Donald Trump – o mandatário brasileiro não quis revelar quais seriam essas fontes, alegando que “não adianta eu falar pra vocês (imprensa) que não vão divulgar mesmo”.

“Teve muita fraude lá. Teve fraude, isso ninguém discute. Se ela foi suficiente pra definir um ou outro (como vencedor) eu não sei. Eu estou aguardando um pouco mais para que seja decidido pelos estados, ou pela justiça eleitoral deles, ou quem sabe até pela Suprema Corte”, declarou Bolsonaro.

A declaração foi comentada por Fernando Haddad, candidato do PT nas eleições de 2018 que enfrentou Jair Bolsonaro naquele segundo turno. “Isso daí ocupa a presidência…”, comentou o petista.

Em outra afirmação após realizar seu voto, Bolsonaro fez uma advertência bem clara ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

“Paulo Guedes é 98% da Economia, e eu era 1% e passei para 2”, afirmou o presidente, que logo completou dizendo que “o que eu falei três meses atrás está valendo. Quem falar em Renda Cidadã, cartão vermelho”.

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR