quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Ao lado de pastores, Bolsonaro diz que filho não é “aventureiro” para embaixada: “Acabou de casar, inclusive”

Em mais um encontro com evangélicos – desta vez com Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, e o deputado federal José Olimpio (DEM-SP), ligado à mesma igreja -, Jair Bolsonaro (PSL) voltou a defender a indicação do filho, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil em Washington e disse que não liga para as críticas que vem recebendo por isso.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Quanto a crítica, não estou preocupado com crítica”, disse, afirmando que parte da imprensa “está dando uma lenhadinha na gente”.

Segundo Bolsonaro, o filho tem qualidades para o posto e “não é um aventureiro”.

“Quando ele viaja para o mundo todo, fala inglês fluentemente, fala espanhol, já foi a vários países da Europa, conhece a família do Donald Trump, tem liberdade e amizade com seus filhos, não é um aventureiro. Acabou de casar, inclusive”, disse, em live com os apoiadores.

Leia também
Eduardo Bolsonaro sobre embaixada: “já fiz intercâmbio, já fritei hambúrgueres nos EUA”

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.