Ao lado de Pujol, Bolsonaro volta a falar em “meu Exército”; veja vídeo

Em cerimônia de promoção de oficiais-generais. Bolsonaro afirmou ainda que o Exército "representa para o nosso Brasil uma estabilidade"

Ao lado do ex-comandante do Exército, Edson Pujol, em evento de promoção de oficiais-generais na manhã desta quinta-feira (8), Jair Bolsonaro voltou a falar em “meu Exército” ao falar sobre a instituição.

Notícias relacionadas

“Agradeço ao meu Exército brasileiro, o qual ainda integro, ao nosso Exército brasileiro, por este momento. Temos certeza que venceremos os desafios e cada vez mais colocaremos o Brasil no local de destaque que ele bem merece”, disse Bolsonaro.

Ressaltando o papel da instituição, o presidente afirmou que o Exército representa “estabilidade” para o Brasil.

“O nosso Exército, tradição, o nosso Exército de respeito, de orgulho, bem como reconhecido por toda nossa população, representa para o nosso Brasil uma estabilidade. Nós atuamos dentro das quatro linhas da nossa Constituição. Devemos e sempre agiremos assim. Por outro lado, não podemos admitir quem por ventura queira sair deste balizamento”, afirmou.

A declaração acontece uma semana após a demissão dos comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica, que foi interpretada para muitos como uma tentativa de interferência nas Forças Armadas.

Veja vídeo

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.