#Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de outubro de 2019, 06h48

Ao ser perguntado se fica no PSL, Bolsonaro responde: “Pergunta para eles”

A crise de relacionamento entre o presidente e a legenda se tornou pública após Bolsonaro pedir a um apoiador para “esquecer o partido” porque Luciano Bivar, estava “queimado para caramba”

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Em meio à crise que assola o PSL em todas as suas instâncias, nem Jair Bolsonaro parece saber se fica ou se deixa o partido. Antes de embarcar para o Japão, na noite deste sábado (19), foi questionado se ficaria ou não na legenda. Ele respondeu apenas: “Pergunta para eles”.

A crise de relacionamento entre Bolsonaro e o PSL se tornou pública há cerca de dez dias, após o presidente pedir a um apoiador para “esquecer o partido” porque o comandante da sigla, Luciano Bivar, estava “queimado para caramba”.

Essa declaração resultou em uma crise que passou a envolver o Palácio do Planalto, o comando do PSL e a bancada do partido no Congresso Nacional.

Neste sábado, por exemplo, os deputados Eduardo Bolsonaro e Joice Hasselmann, ambos do PSL de São Paulo, se ofenderam pelas redes sociais.

Destituição

Além disso, também no sábado, o deputado Luiz Lima (RJ) foi destituído da vice-liderança do PSL na Câmara. Lima integra a ala de Bolsonaro e assinou uma lista que apoiava Eduardo para a liderança do PSL no lugar do deputado Delegado Waldir (PSL-G0), que faz parte do grupo de Bivar.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum