Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de dezembro de 2019, 16h58

Após chantagem de Guedes, Bolsonaro reajusta salário mínimo para R$ 1.039 em 2020

Há quinze dias, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que aumentar o salário mínimo acima da inflação iria causar desemprego em massa. Reajuste, de 4,1%, está de acordo com a projeção do sistema financeiro para o índice inflacionário de 2019

Paulo Guedes e Bolsonaro. (Reprodução)

Quinze dias depois que o ministro da Economia, Paulo Guedes, fez uma chantagem, declarando que aumentar o salário mínimo acima da inflação iria causar desemprego em massa, Jair Bolsonaro sancionou o reajuste do valor, que passa dos atuais R$ 998 para R$ 1.039.

O aumento anunciado nesta terça-feira (21) é de 4,1% em relação ao salário mínimo atual. A última projeção do sistema financeiro para a inflação em 2019 foi de 4,04%.

A MP (medida provisória) com o novo valor, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, foi publicada em edição extra do Diário Oficial.

O valor do piso serve para balizar os pagamentos de benefícios assistenciais, previdenciários, além do abono salarial e do seguro-desemprego.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum