Após passar réveillon com Michelle, Bolsonaro se recusa a dar entrevista: “Quero começar bem o ano”

Bolsonaro antecipou o fim das férias para voltar a Brasília e acompanhar a cirurgia plástica que será realizada pela esposa

Depois de voltar às pressas, encurtando suas férias na Base Naval de Aratu, na Bahia, para passar o réveillon com a primeira-dama, Michelle, Jair Bolsonaro se recusou a dar entrevistas para os repórteres que faziam plantão em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (1º).

“Quero começar bem o ano”, disse aos jornalistas, enquanto cumprimentava apoiadores que o aguardavam no local.

Bolsonaro chegou por volta das 11h30 desta terça-feira (31) com a filha, Laura, no Palácio da Alvorada, após passar cinco dias de folga na Base Naval de Aratu, na Bahia.

A programação era permanecer na base militar até o dia 5 de janeiro, mas diante das críticas de que havia deixado a esposa passar por cirurgia, além das festas de fim de ano, sem sua presença, Bolsonaro retornou à Brasília.

Michelle não acompanhou o presidente na viagem devido à programação de fazer uma cirurgia plástica.

Correções
A primeira-dama passou por uma cirurgia, em julho de 2019, no Hospital das Forças Armadas, de correção do desvio de septo, que coincidentemente deixou o nariz um pouco mais arrebitado.

De acordo com informações da Veja, a equipe de cirurgiões plásticos que atende a primeira-dama está de sobreaviso no Rio de Janeiro. Eles devem embarcar no dia 1º ou 2 de janeiro para atendê-la em Brasília, onde poderá ser realizado um novo procedimento cirúrgico.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR