Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de agosto de 2019, 11h12

Após “piada” com a Lusa, Weintraub tenta se redimir: “A camisa é vermelha, mas o número não é 13”

"Vamos fazer as pazes com os torcedores da Portuguesa e sua torcida os Leões da Fabulosa? Amigos?", escreveu Weintraub no Twitter

Foto: Twitter

Depois da polêmica desta quarta-feira (14), na qual o ministro da Educação Abraham Weintraub fez piada com estudantes que se manifestavam em São Paulo, comparando-os aos torcedores da Associação Portuguesa de Desportos, um dos clubes mais tradicionais de São Paulo, o ministro postou diversas fotos nas redes sociais vestindo a camisa do time, em clara tentativa de se redimir. “A camisa é vermelha, mas o número não é 13”, disse, ironizando o PT.

“Vamos fazer as pazes com os torcedores da Portuguesa e sua torcida os Leões da Fabulosa? Amigos?”, escreveu Weintraub no primeiro tweet, anexando uma foto da camisa da Lusa. Em seguida, o ministro aparece vestindo a roupa, em selfie clicada no espelho de seu closet. “Quem diria…Eu usando uma camiseta vermelha…”, continuou. 

A polêmica se iniciou quando Weintraub tentou ironizar a #Tsunami13A, manifestação realizada nesta terça (13), promovida pela União Nacional dos Estudantes (UNE), que levou cerca de 100 mil pessoas para a Avenida Paulista, em ato contra os cortes na educação e o programa Future-se.

Ao mesmo tempo em que desrespeitou os desejos dos estudantes brasileiros, que estão nas ruas brigando por direitos, o ministro também desconsiderou a Portuguesa. Em nota oficial, a Lusa escreveu que “o excelentíssimo ministro da Educação deveria se ocupar em temas mais nobres para o país do que fazer chacota com o sentimento de milhares de torcedores da Portuguesa. Aliás, Abraham Weintraub, o nome da Lusa é Associação Portuguesa de Desportos e não Portuguesa Futebol Clube”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum