Fórumcast #19
06 de agosto de 2019, 17h06

“Aquecimento global não é minha praia”, diz diretor interino do Inpe

O oficial da Aeronáutica Darcton Policarpo Damião deve ficar à frente do cargo até que seja elaborada uma lista tríplice, de onde deverá sair o diretor definitivo do órgão

Foto: Reprodução

O oficial da Aeronáutica Darcton Policarpo Damião, diretor interino do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe ), parece que não está convencido dos males causados pelo aquecimento global, provocado pela ação do ser humano.

Em entrevista ao Globo, o professor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) declarou que o assunto “não é a minha praia”. Além disso, afirmou que o que leu até agora a respeito do tema, não o levou à nenhuma conclusão.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Damião foi escolhido depois de uma crise criada por Jair Bolsonaro. O presidente criticou a atuação do Inpe por divulgar dados sobre o aumento dos alertas de desmatamento na Amazônia.

Bolsonaro chegou a dizer que tinha a impressão de que o Inpe estaria a serviço de “alguma ONG”.

Exoneração

Na sexta-feira (2), o cientista Ricardo Galvão foi exonerado da direção do Inpe e, na segunda-feira (5), o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, anunciou Darcton Damião como diretor interino.

Veja também:  Universidade Federal do Ceará é a primeira do Nordeste a rejeitar o Future-se

Está previsto que ele fique à frente do cargo até que seja elaborada uma lista tríplice, de onde deverá sair o diretor definitivo do órgão.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum