quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Ativistas do Greenpeace são presos na porta do Palácio do Planalto por protestos contra óleo no Nordeste

Ativistas do Greenpeace foram presos, na manhã desta quarta-feira (23), durante protesto que realizavam na frente do Palácio do Planalto, em Brasília. A informação veio de um tuíte da própria organização, que fez uma transmissão ao vivo de dentro da delegacia.

Ajude a Revista Fórum a mergulhar na realidade dessa grande tragédia.

“URGENTE: Nossos ativistas foram DETIDOS enquanto realizavam protesto pacífico em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília, na manhã desta quarta-feira.”

Veja abaixo a transmissão ao vivo do Greenpeace de dentro da delegacia, em Brasília:

O grupo ambientalista Greenpeace realizou, na manhã desta quarta-feira, um protesto em frente ao Palácio do Planalto para denunciar o desprezo do governo de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) com relação às queimadas da Amazônia e também ao derramamento de óleo nas praias do Nordeste brasileiro.

Os ativistas, de acordo com vídeo publicado na conta do Twiter do deputado federal Ivan Valente (PsoL-SP), derrubaram tinta preta na calçada em frente ao Palácio, simbolizando o óleo derramado nas praias. O objetivo é denunciar o imobilismo do governo diante de fatos tão graves.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.