domingo, 27 set 2020
Publicidade

Augusto Heleno, do GSI, coloca araponga como assessora da reitoria da Universidade Federal do MS

O governo Jair Bolsonaro já deu início ao aparelhamento militar para colocar as universidades federais sob vigília. Em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 11 de julho, o ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, designa uma araponga do órgão para atuar como assessora da reitoria da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS).

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Na portaria, o nome da servidora do GSI, de matrícula nº 909050, que ocupa cargo de Oficial de Inteligência, não é revelado.

“Autorizar, por prazo indeterminado, a cessão da servidora matrícula nº 909050, pertencente ao quadro de pessoal da Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, para exercer o cargo comissionado de Assessora da Reitoria, código CD-04, na Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS”, diz o texto, em seu artigo primeiro.

A remuneração da servidora, que continuará ligada à agência de espionagem da Presidência, será feita pela própria Abin.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.