Fórumcast, o podcast da Fórum
07 de outubro de 2019, 18h49

Bancada do PT vai à PGR por suposto acesso de Moro a informações sigilosas sobre Bolsonaro

“Ele não pode ter acesso ao processo que está sob sigilo de Justiça. Nós vamos representá-lo por eventual crime de responsabilidade”, afirmou o deputado Paulo Teixeira

Foto: Joka Madruga/PT

A bancada do PT na Câmara dos Deputados divulgou, nesta segunda-feira (7), que vai protocolar representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Sérgio Moro. O objetivo é que o ex-juiz e atual ministro da Justiça seja investigado sobre o possível crime de quebra ilegal de sigilo e uso de informações privilegiadas.

A iniciativa da representação foi de Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara, e do deputado Paulo Teixeira.

Na pressa de defender Jair Bolsonaro das suspeitas de caixa 2 na eleição 2018, Moro usou o Twitter, no domingo (6), e deu a entender que teve acesso às investigações sigilosas envolvendo o esquema de laranjas do PSL. Ele disse que a Polícia Federal (PF) não tem provas contra o presidente.

“Na hora que ele se precipitou na defesa do Bolsonaro ocorreram duas coisas preocupantes e graves: como juiz, ele sempre condenou antes de apurar. Agora, ele demonstra uma fragilidade ao ponto de ter que defender Bolsonaro. Uma outra questão é do ponto de vista legal: ele não pode ter acesso ao processo que está sob sigilo de Justiça. Nós vamos representá-lo por eventual crime de responsabilidade”, revelou Teixeira.

Investigação

Depoimento de um ex-assessor do Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e uma planilha apreendida em uma gráfica indicam que dinheiro do esquema de candidatas-laranja do PSL, em Minas Gerais, foi usado em gastos das campanhas de Bolsonaro e Antônio, por intermédio de caixa 2.

Com informações da Agência PT de Notícias


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum