sábado, 24 out 2020
Publicidade

Bolsonaristas aproveitaram Carnaval para impulsionar ato pró-golpe no Whatsapp; robôs atuam por apoio a Bolsonaro

Uma sequência de tuítes publicados na noite desta quarta-feira (25) por Maurício Klaser, dono de uma agência de marketing político que trabalha com monitoramento de redes, revela que os analistas da empresa captaram um alto volume de publicações em grupos de Whatsapp convocando para o ato de 15 de março, em defesa de um novo AI-5, com fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Maior movimento desde as eleições”, escreveu Klaser, que aponta a hipótese dos bolsonaristas terem usado estrategicamente o Carnaval para impulsionar o ato nos grupos.

“Já vínhamos notando um padrão da base do Bolsonaro em utilizar final de semana para mobilizar, já que as pessoas tem mais tempo livre para Zap. Nossa hipótese é que o carnaval foi estrategicamente utilizado por causa do tempo de ócio das pessoas”, tuitou.

Segundo ele, o foco é o fechamento do Congresso, pauta com aderência na base bolsonarista, com os presidentes das duas casas legilativas, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP) como alvos, atacados principalmente de forma irônica.

“Neste feriado, o caldo engrossou, aumentou exponencialmente a ação coordenada contra o Congresso. Há sinais de comportamento robotizado, mas o poder orgânico é MUITO significativo. Depois de mais de um ano de ataques ao Congresso, já virou discurso hegemônico”, afirma Klaser.

Robôs
O comportamento robotizado, no entanto, foi notado por outro usuário do Twitter na manhã desta quarta-feira (26), quando a tag #EuApoioBolsonaro amanheceu no topo dos tópicos mais comentados do Twitter.

“#ImpeachmentDeBolsonaro cada vez mais iminente devido ao ataque a democracia e ao congresso, robozada subindo TAG de apoio ao Bozo, Twitter fingindo que não é com ele, e a vida segue nessa balbúrdia! #ImpeachmentBolsonaro”, tuitou Carlos Camargo, com um vídeo que mostra um comportamento robotizado na tag #ShowDoPavão.

Entre os bolsonaristas que estão impulsionando a tag em apoio ao presidente estão o deputado federal Filipe Barros (PSL-PR), um dos mais próximos ao clã, e o blogueiro Allan dos Santos, acusado de coordenar os ataques feitos pela milícia virtual.

https://twitter.com/allantercalivre/status/1232543298365087747
Plinio Teodoro
Plinio Teodoro
Plínio Teodoro Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.