Bolsonaro admite “problema sério em Manaus” e diz que é preciso “parar de politizar” pandemia do coronavírus

Presidente ainda atacou PSOL por suposta ação judicial para proibir o tratamento com cloroquina. Ação, no entanto, foi movida apenas em Porto Alegre, onde o prefeito quer distribuir o "kit Covid". Assista

Em conversa com apoiadores na manhã desta quinta-feira (14), Jair Bolsonaro (Sem partido) enfim admitiu que há um “problema sério em Manaus”, cidade que decretou estado de calamidade pública em meio à segunda onda de Covid-19, que explodiu após as festas e a reabertura do comércio no fim do ano.

“Desculpa não poder gravar. Estamos com problema sério em Manaus. Tratando à noite, de madrugada”, afirmou Bolsonaro, que criticou o PSOL por supostamente entrar com ação na Justiça proibindo o tratamento precoce.

“E agora estamos com uma informação, e vou confirmar se é verdadeira ainda, que o PSOL teria entrado com uma ação na Justiça para que os prefeitos não dêem o tratamento precoce a quem procurar”, disse o presidente, emendando que, “se for verdade isso ai, acho que, pelo amor de Deus, é hora de parar de politizar esse negócio ai”.

A informação no entanto, diz respeito ao município de Porto Alegre, onde parlamentares do PSOL tentam barrar na justiça a distribuição do chamado “kit Covid” – que inclui cloroquina e ivermectina – pelo prefeito Sebastião Melo (MDB), que foi eleito com apoio de bolsonarsitas locais.

Assinam a ação os vereadores de Porto Alegre Pedro Ruas, Matheus Gomes, Karen Santos e Roberto Robaina, além do ex-vereador Alex Fraga, a deputada estadual Luciana Genro, e a deputada federal e candidata à prefeitura de Porto Alegre em 2020, Fernanda Melchionna, todos do PSOL.

“Assino juntamente com @RobertoPSOL e a nossa bancada de vereadores na Câmara Municipal de POA um ação na Justiça contra a gastança de DINHEIRO PÚBLICO para comprar cloroquina, que COMPROVADAMENTE não funciona para Covid-19. Não aceitaremos que se jogue o dinheiro do povo no lixo”, tuitou Fernanda Melchionna na última terça-feira (12).

Lamento
Ao final da breve conversa com os apoiadores, Bolsonaro ainda lamentou o fato de estar na Presidência, dizendo que “não é fácil”.

“Olha, tem gente que acha que ser presidente, ser governador, ser prefeito é para comemorar. Não é para comemorar. É um tempo que você vai passar – se você quiser, obviamente – trabalhando para o próximo. Não é fácil”.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR