O que o brasileiro pensa?
28 de agosto de 2019, 08h47

Bolsonaro apaga comentário machista sobre Brigitte Macron depois de negar ofensas

Nesta terça-feira (27), ao ser questionado por repórteres sobre o comentário, Bolsonaro disse que não ia comentar o caso e negou que tenha proferido qualquer ofensa

Publicação no Facebook com comentário machista de Bolsonaro. (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) apagou nesta terça-feira (27) seu comentário machista em rede social sobre a primeira-dama francesa, Brigitte Macron. Na publicação, Bolsonaro havia respondido o meme de um de seus seguidores que comparava fisicamente Brigitte a Michelle Bolsonaro.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“É inveja do Macron pode crê”, escreveu o seguidor Rodrigo Andreaça com uma montagem com fotos dos dois casais, comparando as duas primeiras-damas. “Não humilha cara. Kkkkk”, respondeu Bolsonaro.

Desconversa
Nesta terça-feira (27), ao ser questionado por repórteres sobre o comentário, Bolsonaro disse que não ia comentar o caso e negou que tenha proferido qualquer ofensa. “A mulher dele… Eu não botei aquela foto. Alguém botou a foto lá e eu falei para ele não falar besteira… Ô, não quero levar para esse lado, porque a questão pessoal e familiar eu não me meto. Eu falei pro cara não entrar nessa área… Se é pra continuar perguntas desse padrão vai acabar a entrevista. Vai acabar a entrevista”, declarou o presidente, que protagonizou em seguida mais uma fuga de entrevista coletiva.

O comentário irônico do presidente repercutiu negativamente nas redes sociais. Internautas se mobilizaram para subir a tag #DesculpaBrigitte nos trending topics do Twitter, como forma de mostrar que parte do país não compactua com a fala do presidente. De acordo com o jornal francês Le Parisien, em matéria desta terça-feira (27), os pedidos de desculpa chegaram a Brigitte Macron, que disse estar emocionada com a mobilização.

O presidente francês, Emmanuel Macron, também se posicionou com relação ao comentário e condenou as declarações “extremamente rudes” de Jair Bolsonaro em relação à sua esposa. Segundo a agência AFP, Macron diz que é “triste para o Brasil” os insultos proferidos por Bolsonaro a Brigitte.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum