O que o brasileiro pensa?
13 de fevereiro de 2020, 11h47

Bolsonaro ataca Greenpeace: “Quem é essa porcaria? Isso é um lixo”

Em nota divulgada nesta quarta-feira (13), a ONG, fundada em 1971, criticou a reformulação do Conselho Nacional da Amazônia Legal, formado exclusivamente por representantes do governo

Jair Bolsonaro (Foto: Carolina Antunes/PR

Jair Bolsonaro voltou a atacar as organizações não governamentais (ONGs) na manhã desta quinta-feira (13). Indagado sobre as críticas da ONG, fundada em 1971, sobre a reformulação do Conselho Nacional da Amazônia Legal, o presidente chamou a organização de “lixo”.

“Quem é Greenpeace? Quem é essa porcaria chamada Greenpeace? Isso é um lixo”, afirmou.

Na nota, o Greenpeace destacou que o Conselho da Amazônia não tem meta e nem orçamento.

Na última terça-feira (11/2), Bolsonaro assinou um decreto que transferiu a coordenação do Conselho Nacional da Amazônia Legal do Ministério do Meio Ambiente para o Vice-Presidente Hamilton Mourão. No entanto, o conselho é formado exclusivamente pelo governo federal. Os governadores, no entanto, ficaram de fora do conselho.

Além do vice-presidente Mourão, o Conselho será composto pelos ministros da Casa Civil; da Justiça e Segurança Pública; da Defesa; das Relações Exteriores; da Economia, da Infraestrutura; da Agricultura; Ciência; Minas e Energia; Meio Ambiente; Desenvolvimento Regional e dos chefes da Secretaria-Geral, da Secretaria de Governo e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

Leia trecho da nota emitida pelo Greenpeace:

“O conselho não tem plano, meta ou orçamento. Ele não anulará a política antiambiental do governo e não tem por finalidade combater o desmatamento ou o crime ambiental. Os governadores, indígenas e a sociedade civil não fazem parte da sua composição. E numa tentativa de minimizar o impacto negativo da gestão do ministro Ricardo Salles, Bolsonaro retirou o Ministro do Meio Ambiente do comando de políticas ambientais para a Amazônia e espera que isto já seja o suficiente para enganar a opinião pública e os investidores internacionais. Mas os resultados continuarão sendo medidos diariamente pelos satélites que medem o desmatamento.

No último ano, assistimos a um orquestrado desmonte dos órgãos de proteção e fiscalização ambiental, que resultou num aumento do desmatamento em 30%, na queima da floresta e da imagem do Brasil nacional e internacionalmente.

Desde o anúncio do aumento do desmatamento em novembro, o governo emitiu uma Medida Provisória para premiar grileiros (MP 910/2019) e um Projeto de Lei para garimpeiros (PL 191/2020). Os alertas de desmatamento medidos pelo sistema DETER do INPE para o mês de janeiro de 2020 apontaram 280 km², o dobro do registrado no mesmo período do ano passado. Agora reuniram o presidente, seu vice, os ministros e autoridades em uma grande cerimônia, uma encenação, para criar um conselho que é uma verdadeira soma de zeros”


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum