Bolsonaro ataca jornalistas por gabinete de Michelle na biblioteca do Planalto: “Merecem outra banana”

"Estão descendo a lenha que a biblioteca vai diminuir em vez de elogiar a primeira-dama", disse Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada. Veja vídeo

Recusando-se há dias a dar entrevistas na habitual saída do Palácio da Alvorada pelas manhãs, Jair Bolsonaro voltou a criticar a imprensa neste sábado, incitando apoiadores a vaiarem os jornalistas que fazem plantão no local.

Desta vez, os ataques foram motivados pela reforma no Palácio do Planalto, onde Bolsonaro mandou desmontar metade da biblioteca presidencial para instalar um gabinete com banheiro privativo para que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, possa despachar em uma sala próxima a dele.

“A minha esposa faz um trabalho para pessoas deficientes de graça. Arranjei um lugar pra ela trabalhar lá na Presidência, porque é melhor, fica mais perto dos ministros pra despachar. E a verdade é que (inaudível). Estão descendo a lenha que a biblioteca vai diminuir em vez de elogiar a primeira-dama. Quem age dessa maneira merece outra banana”, disse Bolsonaro, entrando no carro.

Reforma
Com um acervo de 42 mil itens e 3 mil discursos de presidentes, a biblioteca do Palácio do Planalto está sendo reduzida pela metade por ordem de Jair Bolsonaro, que mandou construir no local um gabinete com banheiro privativo para uso da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Segundo informações de Bela Megale, na edição deste sábado do jornal O Globo, a tradicional biblioteca da Presidência da República, localizada no anexo I do Palácio, vai receber a equipe do programa Pátria Voluntária, coordenado por Michelle Bolsonaro.

O valor gasto com a reforma não foi informado pela assessoria da Presidência da República, que em julho do ano passado gastou R$ 328,8 mil em dinheiro público na montagem e decoração de um gabinete para a primeira-dama no bloco A da Esplanada dos Ministérios.

https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/videos/2237787246526434/
Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.