Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de setembro de 2019, 08h25

Bolsonaro chama Moro de “ingênuo” e Guedes de “chucro”

"Se eu levantar a borduna, todo mundo vem atrás de mim", disse ainda o presidente, sobre suas falas polêmicas dos últimos meses

Bolsonaro e Sérgio Moro (Foto: Divulgação/MJSP)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse, durante café da manhã com jornalistas da Folha de S.Paulo no Palácio da Alvorada, nesta terça-feira (3), que o ministro da Justiça, Sergio Moro, era “ingênuo” até chegar no governo, assim como o ministro da Economia, Paulo Guedes, era “chucro” politicamente.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Segundo Bolsonaro, o ex-juiz não tinha a “malícia” que a política requer. Na sua avaliação, o nome de Moro não passaria hoje no Senado em uma indicação para ser ministro do STF (Supremo Tribunal Federal). Questionado sobre as especulações da possibilidade de Moro disputar a presidência em 2022, Bolsonaro respondeu em tom provocativo. “Já falamos, eu disse para ele que essa cadeira de super-homem é feita de kriptonita. Se quiser sentar, senta”, afirmou.

No mesmo café da manhã, o presidente  disse que suas declarações polêmicas dos últimos meses, como a que tratou da morte do pai do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, na época da ditadura, são reações ao que chamou de “sacanagem” contra ele. Porém, ele afirmou que, apesar dos “ataques” que diz ter sofrido, não quis tomar nenhuma medida sobre o assunto. “Se eu levantar a borduna, todo mundo vai atrás de mim e eu não fiz isso ainda”, disse.

No encontro, o presidente ainda mencionou que o comando da Polícia Federal precisa dar uma “arejada” e chamou de “babaquice” a reação de integrantes da corporação às declarações dele sobre trocas em superintendências e na diretoria-geral.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum