Bolsonaro cita relatório do TCU feito por amigo dos filhos para negar 500 mil mortes

Em conversa com apoiadores, Bolsonaro sinalizou que duvida dos números do próprio Ministério da Saúde e voltou a atacar a "podridão" da Globo, após ter um chilique com jornalista da emissora no interior de São Paulo. Veja vídeo

Em conversa com apoiadores no início da noite desta segunda-feira (21), Jair Bolsonaro (Sem partido) revelou que duvida das 500 mil mortes pela Covid-19, marca macabra ultrapassada pelo Brasil no último sábado (19), e citou o relatório fake, produzido pelo auditor Alexandre Marques, amigo de seus filhos, para colocar em xeque a credibilidade dos números do próprio Ministério da Saúde.

A negação de Bolsonaro sobre o mais de meio milhão de mortos aconteceu quando o presidente criticava a “podridão” do sistema Globo, dizendo que a divulgação dos óbitos é uma “jogada política” da emissora.

“É uma jogada política. As mortes parecem que interessam à TV Funerária. Quando atingiu as 500 mil mortes… Eu lamento as mortes, mas eles parece que… Não se preocuparam, TV nenhuma se preocupou, em consultar aquele documento que é público, do TCU, que fala das supernotificações. Não se preocuparam”, afirmou.

Bolsonaro ressaltou que “só se preocuparam em falar que é um documento falso. Falso como? Foi feito pelo TCU”, disse ele, sem explicar, no entanto, que o autor do relatório fake foi afastado e virou alvo de um processo administrativo no próprio Tribunal de Contas.

Chilique
Sem mencionar o chilique que deu com a jornalista Laurene Santos, repórter da TV Vanguarda, durante entrevista em Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, interior paulista, Bolsonaro voltou a atacar a TV Globo e incitou os apoiadores a se voltarem contra a emissora.

“Não é eu, né? É o povo contra a Globo. É uma podridão inimaginável o sistema Globo de televisão. É a opinião deles e o resto não interessa”, disse o presidente.

Bolsonaro ainda disse que “não assisto há mais de ano”, mas citou reportagem do Fantástico do último domingo (20) sobre as investigações das origens do coronavírus.

“A Globo deu uma bambeada na perna deles pela questão do vírus. Começaram a duvidar da origem do vírus”.

Assista

Notícias relacionadas

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR