Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de outubro de 2019, 11h54

Bolsonaro defende violência: Condenação de policiais por “excesso” em serviço é “absurdo”

“Muitas vezes a gente vê um policial militar ser alçado para uma função e vem a imprensa dizer que ele tem 20 autos de resistência. Tinha que ter 50! É sinal que ele trabalha”, disse o presidente

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Jair Bolsonaro voltou a defender ações violentas por parte da polícia. Ele declarou, nesta quinta-feira (3), que acha um “absurdo” a condenação de policiais por “excesso” em serviço. Disse, ainda, que estão detidos “muitos inocentes” no presídio da Polícia Militar (PM), em Benfica, no Rio de Janeiro.

Em discurso durante solenidade para lançamento de campanha em defesa do pacote anticrime de Sérgio Moro, no Palácio do Planalto, em Brasília, o presidente afirmou que visitou várias vezes o presídio da PM, em Benfica.

“Conversando com eles (policiais e bombeiros militares, não mais do que o sentimento, a certeza que lá dentro tinha muito inocente. Tinha culpado? Tinha. Mas também tinha muito inocente. Basicamente por causa de quê? Excesso. Pode de madrugada, na troca de tiro com o marginal, se o policial dá mais de dois tiros, eles ser condenado por excesso? Um absurdo isso daí”, disse.

Bolsonaro abordou, ainda, o chamado auto de resistência (mortes durante ação policial).

Trabalho

“Muitas vezes a gente vê que um policial militar, que é mais conhecido, né, ser alçado para uma função e vem a imprensa dizer que ele tem 20 autos de resistência. Tinha que ter 50! É sinal que ele trabalha, que ele faz sua parte e que ele não morreu. Ou queria que nós providenciássemos empregos para a viúva?”, afirmou.

Na opinião de Bolsonaro, órgãos, como o Ministério Público, procuram transformar auto de resistência em execução.

“O ativismo em alguns órgãos da justiça, do MP, né, na política buscar cada vez mais transformar cada vez mais auto de resistência em execução. É doloroso você ver um policial, chefe de família, preso por causa isso”, acrescentou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum