Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de agosto de 2019, 20h49

Bolsonaro deve ser interditado, sugere desembargador

"Interdição já para autoridades que não falam respeitando a liturgia do alto cargo que ocupam. Ou que falam pensadamente querendo imbecilizar os brasileiros para que não discutam o que realmente interessa ao povo", disse Bartolomeu Bueno, presidente da Associação Nacional dos Desembargadores (Andes)

Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR)

O desembargador Bartolomeu Bueno, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE), usou as redes sociais nesta segunda-feira (12) para sugerir a interdição do presidente Jair Bolsonaro por faltarem condições para o exercício do cargo. Bueno é presidente da Associação Nacional dos Desembargadores (Andes).

Sem mencionar o nome do presidente da República ele pediu interdição “para autoridades que não falam respeitando a liturgia do alto cargo que ocupam” ou “que falam pensadamente querendo imbecilizar os brasileiros”. Na postagem ele destaca não estar pregando um impeachment mas uma “interdição”.

“Interdição já para autoridades que não falam respeitando a liturgia do alto cargo que ocupam. Ou que falam pensadamente querendo imbecilizar os brasileiros para que não discutam o que realmente interessa ao povo. Observem. Não estou falando em impeachment. Estou falando em interdição, por falta de condições mentais para exercício do cargo“, publicou Bueno em seu Facebook.

INTERDIÇÃO JÁ PARA AUTORIDADES QUE NÃO FALAM RESPEITANDO A LITURGIA DO ALTO CARGO QUE OCULPAM. OU QUE FALAM PENSADAMENTE…

Posted by Bartolomeu Bueno De Freitas Morais Bueno on Friday, August 9, 2019

Nas últimas semanas, Jair Bolsonaro vem colecionando declarações polêmicas que misturam escatologia com non-sense. O presidente chegou a suegerir, como solução para o meio ambiente, que os brasileiros passassem a fazer cocô dia-sim, dia-não.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum