Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de fevereiro de 2020, 14h26

Bolsonaro diz que há ‘exageros’ sobre convocação, mas manda equipe evitar endosso a ato que pede golpe

Bolsonaro avaliou que o fato de ele ter compartilhado o conteúdo não é algo grave, mas deu ordens para que equipe não participe das manifestações

Bolsonaro em evento com Marcelo Bretas (Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil)

Em conversas na manhã desta quarta-feira (26), Jair Bolsonaro classificou como exagero a repercussão da convocação que fez a apoiadores para o ato de 15 de Março, em favor de um novo AI-5, mas pediu à equipe ministerial que evite endossar o protesto, que pede o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, o presidente avaliou que o fato de ele ter compartilhado o conteúdo não é algo grave, mas para evitar novas críticas repassou uma ordem para que a equipe ministerial não compareça às manifestações, evitando desgaste com o legislativo e o judiciário.

Em tuíte, não negou o disparo pelo WhatsApp do vídeo e diz que mensagem é “de cunho pessoal”.

“Tenho 35Mi de seguidores em minhas mídias sociais, c/ notícias não divulgadas por parte da imprensa tradicional. No Whatsapp, algumas dezenas de amigos onde trocamos mensagens de cunho pessoal. Qualquer ilação fora desse contexto são tentativas rasteiras de tumultuar a República”, tuitou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum