quarta-feira, 28 out 2020
Publicidade

Bolsonaro diz que vai distribuir vacina contra o coronavírus de graça a partir de janeiro

Ao anunciar a Medida Provisória (MP) que abre crédito de R$ 1,9 bilhão que será transferido para o laboratório AstraZeneca, que desenvolve uma vacina contra o coronavírus em parceria com a Universidade de Oxford, Jair Bolsonaro voltou a fazer campanha nas redes sociais na manhã desta sexta-feira (7), dizendo que 100 milhões de doses do medicamento serão “distribuídas gratuitamente” a partir de janeiro de 2021, caso seja comprovada sua eficácia.

“Comprovada sua eficácia contaremos com 100 milhões de doses a partir de janeiro de 2021, que serão distribuídas gratuitamente”, tuitou Bolsonaro.

Nesta quinta-feira (6), Bolsonaro alfinetou João Dória, governador de São Paulo, que fez parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech e anunciou a vacina para fevereiro do próximo ano.

“E o que é mais importante nessa vacina, diferente daquela outra que um governador resolveu acertar com outro país, vem a tecnologia pra nós. E junto com os meios que nós temos, nós temos como realmente dizer que fizemos o possível e o impossível para salvar vidas, ao contrário daqueles que teimam em continuar na oposição desde 2018, dizer o contrário”, disse o presidente.

Plinio Teodoro
Plinio Teodoro
Plínio Teodoro Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.