Bolsonaro escala filho, Flávio, para atacar Moro: “Traidor”; veja vídeo

O vídeo com o discurso de Flávio - que também atacou Lula - viralizou nas redes sociais. No entanto, muitos seguidores confundiram as indiretas do senador com as atitudes do próprio pai. Assista

Demonstrando certo constrangimento ao lado de Valdemar da Costa Neto no ato de filiação ao PL, Jair Bolsonaro (PL) escalou o filho 01, Flávio Bolsonaro (PL-RJ), para atacar Sergio Moro (Podemos), que vem disputando eleitores da centro direita com o ex-chefe.

Notícias relacionadas

“Tem um ditado na política que fala o seguinte: a política pode até perdoar traição, mas não perdoa o traidor. E traidor é aquele que humilha uma mulher, que expõe publicamente uma pessoa pensando no poder porque o convidou para ser seu padrinho de casamento [referência à deputada Carla Zambelli]”, disse Flávio.

“A decepção vem na proporção inversa à admiração que as pessoas possuíam. Traidor é aquele que por ação ou omissão interfere na Polícia Federal”, emendou.

O vídeo com o discurso de Flávio – que também atacou Lula – viralizou nas redes sociais.

No entanto, muitos seguidores confundiram as indiretas do senador com as atitudes do próprio pai.

“Flávio Bolsonaro disse que quem zomba de uma Mulher, interfere na PF é traidor. Espalhem, ELE É COMUNISTA”, publicou o perfil @MamuteMarcos, lembrando os ataques de Jair Bolsonaro a Brigitte Macron, esposa do presidente francês, Emmanuel Macron, e a denúncia do próprio Moro sobre interferência do presidente na PF.

Veja o vídeo de Flávio Bolsonaro

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.