Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de fevereiro de 2020, 11h06

Bolsonaro ignora jornalistas e diz a apoiadores que Globo é “Fake News total” sobre caso do porteiro

"A TV Globo faz uma armação com o pessoal da investigação, divulga o porteiro ligando pra mim e agora descobriram que a voz não é do porteiro”, disse aos bolsonaristas que o aguardavam no portaria do Alvorada

Bolsonaro com Ernesto Lacombe e Milton Neves durante visita à TV Bandeirantes (Foto: Carolina Antunes/PR)

Ignorando mais uma vez os jornalistas que fazem plantão em frente ao Palácio da Alvorada na manhã desta terça-feira (11), Jair Bolsonaro fez um breve comentário sobre reportagem do jornal O Globo sobre um laudo que revelou que a voz que liberou o ex-PM Élcio de Queiroz no Vivendas da Barra no dia do assassinato de Marielle Franco não é a do porteiro que citou seu nome em depoimento à polícia.

“A TV Globo faz uma armação com o pessoal da investigação, divulga o porteiro ligando pra mim e agora descobriram que a voz não é do porteiro. Parabéns, Globo, fake news total”, disse aos bolsonaristas que o aguardavam no portaria do Alvorada.

Divulgado pelo jornal O Globo, o laudo da Polícia Civil, assinado por seis peritos, concluiu que a voz que liberou a entrada de Élcio de Queiroz no condomínio Vivendas da Barra, no dia em que Marielle Franco foi assassinada, não é a do mesmo porteiro que afirmou em depoimento à polícia que o miliciano desejava ir à casa do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o documento, a voz é do policial reformado Ronnie Lessa.

Tanto Lessa quanto Élcio de Queiroz estão presos sob acusação de terem cometido o assassinato da vereadora e do motorista Anderson Gomes no dia 14 de março de 2018. O Ministério Público do Rio já havia feito uma análise da gravação e também afirmava, antes mesmo da perícia, que a autorização para a entrada de Élcio no condomínio Vivendas da Barra fora dada por Lessa, e não por Bolsonaro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum