Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de setembro de 2019, 20h38

Bolsonaro pede para seguidores apagarem comentários contra Augusto Aras das redes sociais

Bolsonaro comparou a PGR com a seleção brasileira: "O Felipe Melo é titular da minha seleção, se eu pudesse colocava sempre ele"

Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro, em sua live semanal desta quinta-feira (4), pediu aos seus seguidores um voto de confiança ao novo Procurador-Geral da República (PGR), Augusto Aras. Bolsonaro pediu que as pessoas que se declararam decepcionadas apagassem os comentários e dessem uma chance a Aras. O presidente também anunciou que Silvio Santos e Edir Macedo estarão na Esplanada para os festejos do 7 de setembro.

Os comentários sobre a PGR foram feitos no final da transmissão, quando o ministro Sérgio Moro não estava mais participando. Ele ocupou uma das cadeiras da live no início para comentar sobre os vetos da Lei de Abuso de Autoridade.

A pauta principal, no entanto, foi a indicação de Aras, que gerou grande insatisfação em procuradores do MPF. “Eu devo lealdade ao povo, mas não é essa lealdade cega que está do outro lado. […] Então, eu peço a vocês: vai no Facebook e se fez um comentário pesado, retira, pô. Retira. Me dá uma chance pra mim”, declarou Bolsonaro que disse que “20%, pelo menos” do Facebook dele estava criticando a nomeação. “[Gente] falando que ‘acabou a última esperança’ deles, que não vota mais em mim, que não vota mais em ninguém. Não vai votar no Moro em 2022, ‘me esquece’…”, detalhou.

“Esse trabalho não ajuda o Brasil em nada. Ele nem entrou em campo e já estão vaiando o jogador”, declarou Bolsonaro, que ainda comparou a nomeação do PGR com uma escalação da seleção brasileira. “O Felipe Melo é titular da minha seleção, se eu pudesse colocava sempre ele e só tirava quando ganhasse um cartão amarelo”, disse.

Bolsonaro enfatizou que o PGR tem que ser “sensível” com outras questões além da corrupção. “Tem que combater a corrupção, mas tem que ser sensível com outras coisas”, declarou Bolsonaro, citando a questão ambiental, destacando o agronegócio e a infraestrutura.

Semana do Brasil

O presidente ainda comentou sobre o dia Sete de Setembro e anunciou que o bispo Edir Macedo, da Igreja Universal e dono da TV Record, além do empresário Silvio Santos estarão presentes nas comemorações da Esplanada dos Ministérios, em Brasília. “Quem quiser ver o Sílvio Santos, compareça agora no sábado aqui na Esplanada”, disse em tom animado.

Publicado por Jair Messias Bolsonaro em Quinta-feira, 5 de setembro de 2019


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum