Bolsonaro publica vídeo em que é um leão cercado por hienas com logos de Globo, PSL, STF e Folha de SP

No texto ainda fala de Argentina, Uruguai, Equador, Bolívia e Chile

O presidente Jair Bolsonaro postou um vídeo em suas redes sociais em que se coloca como um leão cercado por uma alcateia de cerca de 20 hienas em meio à savana. Os animais que cercam o felino são caracterizados como partidos, veículos da grande mídia e movimentos sociais.

Na gravação original, feita pelo jornalista Simon Blakeney, da BBC, um leão é atacado por um clã de hienas em meio à savana africana e só consegue fugir após um outro leão aparecer para ajudá-lo. No vídeo postado por Bolsonaro, ele é o felino cercado e o “conservador patriota” é o animal que surge para resgatá-lo.

No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste: Ajude a Revista Fórum a mergulhar na realidade dessa grande tragédia

A alcateia que ataca o “leão Bolsonaro” é formada por partidos políticos como PT, PSOL, PCdoB, PDT, PSDB e o próprio PSL, além da ONU, do STF, da OAB, do MST, da CUT, do Greenpeace, do feminismo, do MBL e de veículos da grande mídia, como Globo, Folha, Estado de S. Paulo e Jovem Pan.

No tuíte, Bolsonaro ainda cita países da América do Sul que não estão presentes no vídeo. “Chile, Argentina, Bolívia, Peru, Equador ….. Mais que a vida, a nossa LIBERDADE. Brasil acima de tudo! Deus acima de todos!”, disse.

O vídeo reforça o isolamento de Jair Bolsonaro, que não encontra apoio nem dentro de seu partido e já afirmou que pensa em deixá-lo.

Confira o vídeo publicado por Bolsonaro:

https://twitter.com/jairbolsonaro/status/1188877520638267393?s=19

O vídeo original, da BBC:

 

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.