Fórumcast, o podcast da Fórum
08 de agosto de 2019, 06h32

Bolsonaro recebe viúva de Ustra, torturador da ditadura, em almoço no Palácio do Planalto

Em abril de 2016, ao votar pelo impeachment, Bolsonaro homenageou "a memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra", um dos torturadores da então presidenta Dilma Rousseff

Maria Joseíta Silva Brilhante Ustra, viúva do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra. (Foto: Acervo pessoal)

O presidente Jair Bolsonaro receberá para um almoço, nesta quinta-feira (8), a viúva do coronel Carlos Alberto Ustra, um dos maiores torturadores da ditadura militar. Maria Joseíta Silva Brilhante Ustra está prevista na agenda presidencial para o meio-dia e encontro será no Palácio do Planalto.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Brilhante Ustra foi chefe do DOI-CODI em São Paulo, um dos órgãos atuantes na repressão política durante o período militar. Em 2008, Ustra tornou-se o primeiro militar condenado pela Justiça pela prática de tortura durante o regime.

Bolsonaro possui diversas menções ao coronel durante a sua trajetória política. Em abril de 2016, ao votar pelo impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o então deputado declarou seu voto “contra o comunismo” e “pela memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra”. Ainda, durante a campanha eleitoral, Bolsonaro disse que o livro de sua cabeceira era “Verdade Sufocada”, escrito por Ustra.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum