Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de fevereiro de 2020, 10h13

Bolsonaro se nega a falar com jornalistas após assassinato de miliciano ligado ao filho Flávio

Bolsonaro disse que há "uma série de problemas no Brasil", mas alegou que não conversaria com os repórteres porque sua fala seria "deturpada"

Jair Bolsonaro (Reprodução/Facebook)

Mostrando nervosismo e com o semblante sério, Jair Bolsonaro avisou que não conversaria com os jornalistas na manhã desta segunda-feira (10) ao deixar o Palácio da Alvorada, como faz todos os dias. O presidente disse que há “uma série de problemas no Brasil”, mas alegou que não conversaria com os repórteres porque sua fala seria “deturpada”.

“Pessoal, tem uma séria de problemas no Brasil, gostaria de compartilhar com vocês, mas como será deturpado e isso acabará dificultando a solução, então lamento, mas não vou falar nada com vocês, tá bom?”, disse.

Bolsonaro ainda fez questão de chamar, mais uma vez, a atenção dos jornalistas por não “transmitirem a verdade”.

“O dia que vocês, com todo respeito, transmitirem a verdade será muito salutar em conversar meia hora com vocês”, afirmou, saindo logo após, apoiado por apoiadores.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum