quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Bolsonaro usa evangélicos para fazer multiplicação de assinaturas em registro de partido político

Jair Bolsonaro está usando sua proximidade com lideranças evangélicas para fazer um milagre para multiplicação das assinaturas para que seu partido, Aliança pelo Brasil, possa entrar com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a tempo de disputar as eleições municipais em 2020.

Segundo reportagem de Gustavo Schmitt, na edição desta quarta-feira (18) do jornal O Globo, líderes evangélicos pretendem usar grandes eventos de suas igrejas para coagirem fiéis a firmarem a lista para obter as 491 mil assinaturas necessárias para criar a legenda até o mês de abril, quando fecha a janela para a disputa eleitoral do próximo ano.

Presidente da Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil (Concepab), bispo Robson Rodovalho, líder da igreja Sara Nossa Terra, disse que foi procurador por um mensageiro de Bolsonaro e que atendeu ao chamado.

“Nas igrejas, os cultos são rápidos e o ajuntamento de pessoas não é tão numeroso, com exceção de templos muito grandes. Mas, como precisa de muitas assinaturas para validar, penso que os eventos, que duram alguns dias, seriam mais proveitosos”, disse ele, revelando a estratégia.

Rodovalho diz ainda que conversou com outros líderes evangélicos e não encontrou ninguém reticente.

“Eu acredito que a Assembleia de Deus, do pastor Silas Câmara (deputado federal do Amazonas pelo Republicanos), também faria com bom coração”, disse ele, referindo-se à igreja coordenada pelo irmão do deputado, onde Bolsonaro esteve recentemente.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.