Fórumcast, o podcast da Fórum
13 de agosto de 2019, 10h07

Braço direito de Paulo Guedes censura e demite jornalista por críticas a Jair Bolsonaro

"Minha coluna foi suspensa a pedido de Rogério Marinho, dono de fato do veículo. Alex Viana é apenas laranja do secretário Especial de Previdência Social do governo Bolsonaro. Eis a causa de minha saída", escreveu Aílton Medeiros

Paulo Guedes, Bolsonaro e Rogério Marinho (Foto: PR)

O jornalista Aílton Medeiros revelou nesta segunda-feira (12) que teve sua coluna opinativa suspensa do jornal “Agora RN” a pedido de quem ele diz ser dono do veículo, o ex-deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), atual secretário especial de Previdência e Trabalho de Jair Bolsonaro. No texto, o jornalista tece diversas críticas ao presidente Jair Bolsonaro e, por isso, configura a suspensão como ato de censura.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Aos meus seguidores e leitores: não faço mais parte do jornal ‘Agora RN’. Minha coluna foi suspensa a pedido de Rogério Marinho, dono de fato do veículo. Alex Viana é apenas laranja do secretário Especial de Previdência Social do governo Bolsonaro. Eis a causa de minha saída”, escreveu o jornalista, que logo abaixo publicou a imagem da sua última coluna no jornal, suposto motivo da suspensão de sua coluna. Alex Viana é diretor-geral do Grupo Agora, proprietário do Portal Agora RN e do Jornal Agora RN.

Com o título “O que não tem decência e nunca terá”, o texto opinativo de Aílton primeiramente responde ao comentário de um leitor sobre o episódio da primeira-dama Michelle Bolsonaro, que divulgou no seu Instagram imagens de peças de lingerie. Em seguida, o jornalista dirige suas críticas ao presidente, dizendo que é “depravado” tudo que “sai da boca do presidente” e o acusa de quebra de decoro por chamar a ex-presidente Dilma Rousseff de “cafetina”.

Rogério Marinho, citado pelo jornalista como responsável pela censura, é filiado ao PSDB e foi deputado federal pelo Rio Grande do Norte até o começo deste ano. Atualmente, é o secretário especial da Previdência Social no governo Jair Bolsonaro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum