segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

Carlos Bolsonaro bloqueia colunista do Estadão na conta do pai e é desautorizado mais uma vez

A colunista do Estadão e da Rádio Jovem Pan, Vera Magalhães, foi bloqueada, nesta terça-feira (22), pelo presidente Jair Bolsonaro, na sua conta do Twitter. A jornalista reagiu: “Transparência. A gente vê por aqui. E aí volta a velha questão: um presidente que se comunica pelo Twitter pode bloquear jornalistas?”.

No rastro do crime ambiental nas parias do Nordeste: Ajude a Revista Fórum a mergulhar na realidade dessa grande tragédia

“Transparência. A gente vê por aqui. E aí volta a velha questão: um presidente que se comunica pelo Twitter pode bloquear jornalistas? A discussão não diz respeito a mim nem ao Brasil, é mundial. E esse block certamente não me impedirá de ter acesso ao que Bolsonaro postar.”

Logo em seguida, Vera Magalhães repostou resposta do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) onde ele avisa: “Aí, meu pai te desbloqueou”.

Logo depois, a jornalista ainda postou:

Pronto, o @CarlosBolsonaro me desbloqueou na conta do pai @jairbolsonaro. Presidente, não passou da hora de acabar com isso? É um tanto embaraçoso seu filho expor o senhor a esse tipo de situação.”

Reincidente

Carlos Bolsonaro pediu desculpas nas redes, no início da tarde da quinta-feira (17), por ter tuitado na conta do seu pai sem a autorização do mesmo.

“Eu escrevi o tweet sobre segunda instância sem autorização do Presidente. Me desculpem a todos! A intenção jamais foi atacar ninguém! Apenas expor o que acontece na Casa Legislativa!”

Com a mensagem, Carluxo não só assumiu que é ele mesmo quem escreve os tuítes do pai, como também, vez ou outra, coloca os pés pelas mãos e é desautorizado pelo próprio.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.