sábado, 19 set 2020
Publicidade

Carlos Bolsonaro diz que é inocência acreditar que “engrenagem ficou neutra” depois que o pai assumiu

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) publicou em seu Twitter nesta quarta-feira (4) uma montagem com fotos de seu rosto, acompanhada de uma declaração que diz que a vitória de seu pai, Jair Bolsonaro (PSL), nas eleições presidenciais, não tornou a “engrenagem” política neutra. Para o filho 02, seu pai está realizando um processo de “desintoxicação” da máquina pública.

“É inocência acreditar que uma quadrilha, cujos membros já estão em parte enjaulados, fica tanto tempo no poder sem contaminar a máquina e que toda essa engrenagem voltou a ser neutra no momento em que a quadrilha perdeu a eleição. Há um longo processo de desintoxicação. É natural e necessário”, escreveu o vereador. “O Brasil não muda enquanto isso não for feito e está sendo”, completou.

O posicionamento do filho do presidente vem como resposta às pesquisas do Datafolha que apontam novo derretimento na imagem de seu pai. O levantamento, divulgado segunda (2), mostra que 38% da população consideram o governo de Bolsonaro como ruim ou péssimo. Além disso, uma análise assinada pelos diretores do Datafolha, Mauro Paulino e Alessandro Janoni, revela que o núcleo duro de apoio a Bolsonaro é de 12% da população, abaixo das previsões da Fórum, que estimava em 15% esse número.

O discurso polarizado de que o país foi “destruído pelo PT” e que é papel do clã Bolsonaro “reconstruí-lo” é um dos principais bordões reproduzido pela família presidencial nas redes sociais. Na segunda-feira (2), Carlos compartilhou uma montagem semelhante, só que com dizeres de seu pai, afirmando que o “estrago deixado foi catastrófico” e que um dos papéis do governo é “enxugar a máquina pública”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.