Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de setembro de 2019, 12h32

Carlos Bolsonaro é alvo de investigação sobre funcionários fantasmas e “rachadinha”

Carlos Bolsonaro empregou a madrasta, Ana Cristina Siqueira Valle, e sete parentes dela na Câmara do Rio de Janeiro - alguns deles morando em Minas Gerais. Os funcionários-fantasmas "empregados" pelo clã chegavam a devolver até 90% dos salários

Carlos Bolsonaro faz compras durante férias nos EUA (Flickr/Família Bolsonaro)

O vereador licenciado, Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), virou alvo de investigação do Ministério Público (MP) do estado do Rio por denúncias de colocar ao menos sete parentes como funcionários fantasmas em seu gabinete. Eles seriam contratados para a prática da “rachadinha”, deixando parte dos salários com o filho de Jair Bolsonaro (PSL).

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

As informações foram reveladas pela revista Época em reportagens publicadas em maio e junho, que revelavam que Carlos Bolsonaro empregou a madrasta, Ana Cristina Siqueira Valle, e sete parentes dela na Câmara do Rio de Janeiro – alguns deles morando em Minas Gerais. Os funcionários-fantasmas “empregados” pelo clã chegavam a devolver até 90% dos salários.

Segundo reportagem da Época nesta quarta-feira, a partir de um pedido com base na Lei de Acesso à Informação, o MP confirmou os dois procedimentos, mas informou que ambos tramitam sob segredo de justiça.

A investigação criminal está a cargo do procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, com apoio do Grupo de Atribuição Originária Criminal (Gaocrim). Já na esfera cível, onde se apura eventual improbidade administrativa, a investigação ocorre na 8ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum