#Fórumcast, o podcast da Fórum
10 de setembro de 2019, 09h32

Carlos Bolsonaro se afasta pela quinta vez da Câmara do Rio para tratar de assuntos particulares

No segundo semestre do ano passado, o vereador tirou quatro licenças consecutivas para atuar na campanha do pai, Jair Bolsonaro. Nesta segunda-feira, o vereador licenciado criou polêmica no Twitter ao pregar a ditadura para que “a transformação que o Brasil quer” aconteça

Agência Brasil

Demonstrando claramente o desejo de que o pai, Jair Bolsonaro, endureça seu governo e parta para uma ditadura, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) pediu afastamento não remunerado do mandato na Câmara do Rio, sem remuneração, sem especificar os motivos.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Segundo carta enviada ao presidente da Câmara, Jorge Felippe, que foi despachada nesta segunda-feira (9), Carlos se baseia no artigo 11, inciso I, do Regimento Interno da Câmara, que versa sobre afastamento para tratar de assuntos particulares em um período que não pode ultrapassar 120 dias por sessão legislativa.

Esta é pelo menos a quinta licença que Carlos Bolsonaro tira do mandato desde o início da campanha do pai, em 2018. No segundo semestre do ano passado, o vereador tirou quatro licenças consecutivas para atuar na campanha do pai. Representante de 106.657 eleitores, Carlos também não apresentou nenhum projeto de lei em 2018.

Ditadura Bolsonaro
Nesta segunda-feira (9), em uma sequência de tuítes, Carlos sugeriu uma ruptura democrática para que “a transformação que o Brasil quer” aconteça. Em outras palavras, pregou a ditadura.

Para ele, o  pai vem atuando para desfazer “absurdos” de governos anteriores, mas acredita que a mudança real não virá através da democracia.

“Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos… e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!”, escreveu o filho do presidente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum