Fórumcast #19
04 de agosto de 2019, 16h44

Cesar Maia: É possível governar com apenas 30% de apoio?

O tema vem sendo debatido por muitos políticos e cientistas sociais no país

Foto: Agência Brasil

O vereador do Rio de Janeiro Cesar Maia (DEM) questionou, em seu Twitter, se é possível o governo Bolsonaro se manter com apenas 30% de apoio. O tema vem sendo debatido por muitos políticos e cientistas sociais.

Maia comentou artigo publicado neste domingo (4), em O Estado de S.Paulo, intitulado “Bolsonaro e a teoria do pneu murcho”.

“Se há mesmo uma estratégia de Jair Bolsonaro em forçar a radicalização para governar ancorado no um terço ultraconservador da população, ela embute altos riscos, observa um analista de pesquisas. É possível governar com apenas 30% de apoio? Sim, como é possível rodar com um pneu murcho; mas em qual velocidade, a que custo e até onde? No ritmo em que o presidente consome capital político, se os índices de reprovação superarem 45%, a viagem até 2022 poderá depender em larga medida de um milagre de aulo Guedes e da simpatia do Congresso”, diz um dos trechos do artigo..

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Veja também:  Veja denuncia ataques à Floresta Amazônica do "Capitão Motosserra" Jair Bolsonaro

Respeitado sob o ponto de vista de leituras de pesquisas políticas no Brasil, o também economista avalia que é possível. No entanto, não acredita que o governo chegará muito longe.

Em suas palavras, Maia conclui: “Sim, como é possível rodar com um pneu murcho, mas em qual velocidade, por quanto tempo e até onde?”.

O pai do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), se refere à queda de popularidade de Jair Bolsonaro, que, de acordo com as últimas pesquisas, conta com cerca de 30% de apoio da população. Trata-se do índice mais baixo de um presidente em primeiro mandato, com apenas sete meses de gestão.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum