O que o brasileiro pensa?
23 de maio de 2020, 08h51

Clube Militar endossa nota golpista de Heleno sobre apreensão de celular de Bolsonaro

"O Clube Militar endossa a presente nota", diz a associação de reservistas das Forças Armadas, que foi presidida pelo general Hamilton Mourão até ele ser lançado candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro

Bolsonaro, Heleno e Mourão (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O Clube Militar do Rio de Janeiro, que foi presidido pelo general Hamilton Mourão (PRTB) até ele ser lançado candidato a vice-presidente, endossou a nota divulgada pelo ministro-chefe do Gabinete Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, que ameaça um golpe caso se efetive a apreensão do celular de Jair Bolsonaro.

“O Clube Militar endossa a presente nota”, diz o texto no site da agremiação de reservistas, compartilhando a nota divulgada por Heleno nas redes sociais.

Na nota, Heleno classifica o pedido de apreensão do celular de Bolsonaro como “inconcebível e, até certo ponto, inacreditável”.

Relator da investigação sobre interferência de Bolsonaro na Polícia Federal, o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu à Procuradoria-Geral da República (PGR) um parecer sobre o pedido de apreensão do celular do presidente e do filho, Carlos Bolsonaro.

“O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República alerta as autoridades constituídas que tal atitude é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”, diz Heleno na nota.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum